os perigos de negligenciar a saúde bucal

Estudos recentes provaram que uma boa saúde bucal ​​afasta doenças graves, como diabetes e problemas cardíacos.

Uma pesquisa, realizada em 2015 pela UniversityCollege de Londres, com oito equipes da PremierLeague, mostrou que a maioria dos jogadores sofriam de graves problemas orais.

Entre os problemas identificou-se que:

  • quase 40% tinham cárie ativa;
  • 50% tinham erosão dentária
  • e 45% disseram que se sentiam incomodados com a boca.
  • Alguns -7% – afirmaram que sua saúde oral prejudica seu desempenho profissional.
os perigos de negligenciar a saúde bucal _post
Designed by Teksomolika / Freepik

Nossa saúde bucal tem muito a ver com as bactérias em nossa boca.

Existem mais de sete centenas de espécies diferentes. A maioria delas ajuda a mastigar a comida.

Mas, alguns problemas de saúde podem favorecer a proliferação e o desequilíbrio da microbiota oral. Um dos microorganismos é o Streptococcusmutans que causam a cárie dentária.

 

 

 

Equilíbrio da microbiota oral.

Com boa higiene e tentando evitar os fatores de risco, como por exemplo, o contacto com bactérias patogênicas é possível manter em equilíbrio a microbiota oral.

E isso é assim desde a gestação: se a mulher grávida tem uma alta carga bacteriana, é provável que alguns desses micróbios passem para a criança.

Se eles estão causando infecções na mãe, é possível que causem problemas no filho.

Alimentos com elevado nível de açúcar, alteram a microbiota oral.

Estamos falando do açúcar que tomamos em café ou doces e também refrigerantes, sucos industriais, pão, massas, molhos…

O açúcar pode alterar o colágeno e acidificar o meio ambiente, e isso afeta o esmalte do dente e faz com que fique sem proteção contra as bactérias que causam a cárie.

 

A utilidade da saliva na saúde bucal

A saliva desempenha um papel protetor chave. Ela contém íons de cálcio e fosfato e flúor, que protegem superfícies de esmalte atacadas pelo ácido.

No entanto, em alguns momentos da vida, a produção de saliva diminui, como quando ficamos mais velhos.

Alguns profissionais, como professores e palestrantes devem ficar em alerta.

Essas profissões favorecem a baixa produção de saliva e isso pode elevar o risco de doenças bucais como o mau hálito. 

Se os microrganismos estão desequilibrado e os micróbios patogênicos proliferam, as cáries ou a doença periodontal pode aparecer.

Alguns produtos profissionais colocados nos dentes durante a noite, ricos em fosfato de cálcio, ajudam a recuperar a mineralização dos dentes.

Produtos com xilitol ou flúor também ajudam o esmalte a se manter nos dentes.

 

A doença periodontal

A doença periodontal é algo bem complicado: ela é infecciosa, inflamatória e crônica, e também destrói o tecido de suporte dos dentes: o osso alveolar.

A primeira fase é a gengivite, que é, a inflamação das gengivas, o que é reversível.

Quando as bactérias patogênicas são eliminadas ou a higiene é melhorada, o problema desaparece.

No entanto, em alguns casos, evolui para periodontite e a perda óssea ocorre.

Existem algumas bactérias que afetam diretamente o esmalte e outras que diminuem o espaço entre a gengiva e o dente e osso são destruídos.

 

Detecção precoce da doença periodontal é essencial

Se for detectado nos estágios iniciais, o tratamento pode manter seus dentes, mas se for diagnosticado em um estágio avançado, é necessário retirar os dentes.

A primeira pista que temos periodontite é que as gengivas sangram com frequência.

A doença periodontal tem duas consequências:

  • A primeira é local e envolve perda de dentes.
  • A outra é sistêmica e pode tornar-se grave, pois, a presença de um grande número de bactérias patogênicas pode invadir vários tecidos e órgãos como o coração.

A saúde oral ruim tem sido associada ao risco de doenças cardiovasculares, parto prematuro, diabetes e síndrome metabólica, entre outras complicações.

Sabemos também que muitas pessoas não cuidam da saúde oral por considerarem caro.

Porem, é possível encontrar planos odontológicos acessíveis e com boa condição de pagamento.

Cuidar da suade bucal é muito importante não só para ter boa aparência mas também para prevenir doenças no futuro. E você, cuida dos seus dentes?

Este artigo foi feito com carinho para você que está buscando informação sobre saúde bucal, compartilhe esse conhecimento.

Desejamos saúde para todas.

Um forte abraço,

Equipe SulAmérica Campos


Receba promoções e conteúdos exclusivos

Compartilhe esta página com seus amigos